Vi & Gostei - Confissões de Adolescente

Mais uma nova coluna aqui no blog - eu disse que voltaria com muitas novidades! -, dessa vez será sobre filmes. Seja estreias no cinema, um pouco mais antigos, o que for. Se eu assisti e gostei, vou compartilhar meu bom gosto (ou seria mau? haha) com vocês. Brincadeiras e explicações a parte, vamos para a recomendação de hoje.

ANO: 2014
DIREÇÃO: DANIEL FILHO E CRIS D'AMATO
CLASSIFICAÇÃO: + 12 ANOS.

A trama gira em torno de quatro irmãs, cada uma com seus dramas de acordo com a sua idade. Tina (SOPHIA ABRAHÃO), a mais velha,  vive em uma fase independente, morando sozinha,  à procura de seu primeiro emprego e tendo alguns problemas com seu relacionamento com um namorado riquinho e meio babaca. Seguindo a escadinha, Bianca (ISABELLA CAMERO) vira amiga da menina nova da escola, Juliana (OLÍVIA TORRES), que está sofrendo bullying pela Talita (TAMMY DI CALAFIORI), que é melhor amiga de Bianca (ufa!). Alice (MALU RODRIGUES) quer a todo custo perder a virgindade. Já a mais nova, Karina (CLARA TIEZZI) acaba de ter sua primeiro contato com o mundo adolescente, que nesse caso significa garotos, menstruação, preocupações...

Por mais que os filmes brasileiros tenham tido uma reviravolta e uma grande melhoria na qualidade, eu ainda tenho um pouco de medo quando vou assistir na estreia, sem nenhuma opinião de amigos para ajudar. Sim, pode até ser preconceito, mas já me traumatizei muito assistindo Agamenon (nunca assistam isso, nunca!). Porém, deixei isso de lado e fui na sexta feira passada assistir Confissões de Adolescente com a minha prima, já que tinha achado o trailer bem interessante, e no final, não me decepcionei.

O ponto forte do livro é a grande diversidade de personagens e acontecimentos, fazendo assim que você se identifique pelo menos uma vez. É como se tivessem entrado na cabeça de um adolescente e colocado todas nossas preocupações, inseguranças e situações constrangedoras nas telonas. Sexo, garotos e garotas, escola, responsabilidade. Toda nossa fase de mudança, de uma criança para a confusão da adolescência.

Porém, com o tanto de personagem, o filme não foca em nenhum em especial, deixando algumas pontas soltas no final, o que me deu esperança de uma continuação. Particularmente, essa não seria lá uma má ideia. O engraçado é que, por mais que seja baseado em um livro escrito há 20 anos atrás, eles conseguiram encaixar muito bem com a nossa rotina, tendo como base o Facebook, onde passamos muito tempo postando sobre nossas vidas, do que gostamos ou não, fotografias sobre momentos que não queremos esquecer. Também faz uma sutil crítica à rede social, falando sobre como acabamos por mascarar nossa personalidade e sentimentos, mostrando apenas aquilo que queremos que os outros vejam.

O que também me surpreendeu, foi como eles conseguiram inserir a nudez na filmagem sem algum pudor. Por mais que não seja recomendado à menores de doze anos, não acredito que eu levaria alguém dessa idade para ver o filme, já que tem algumas - mesmo que sejam poucas - cenas calientes.

Enfim, talvez as pessoas até julguem como "filme de menininha", mas vale muito a pena assistir. Um elenco de dar gosto, recomendo para quem gosta de algo leve e engraçado. E deixo o trailer abaixo para vocês conferirem.



Beijos!

8 comentários:

Vanessa Vieira disse...

Gostei da sua opinião a respeito do filme Julia. Tenho muita vontade de assistir este filme, mas fico bem receosa, já que acho a atuação da Sophia Abrahão péssima. Beijo!

www.newsnessa.com

✿Nessa✿ disse...

Oi Ju*
Tenho visto muito sobre este filme e me parece bem interessante.
Gostei de sua resenha. Sabe eu gosto de filmes nacionais e pela sua resenha este parece ser muito bom. To curiosa para assistir.

Beijinhos*

Brubs. disse...

Gostei da sua opinião, assim como vc eu tbm tenho cisma de assistir filmes nacionais em estréias, acho que o único que eu assistir fui Carandiru(mano tempos atras)...Esse filme em especial, não me chamou taaanta atenção, se eu tiver a oportunidade com certeza vou assistir, mas em casa. E sim, Agamenon é um bosta!!!
Beijokas, Brubs
Livros de Cabeceira
@IWannaRuffles

luu disse...

Acho que esse é um dos poucos filmes nacionais que eu realmente tive vontade de assistir. Ainda não vi, mas to querendo muito. Tenho sempre um pé atrás com o cinema nacional, mas sei lá, ele me chamou a atenção. To pensando até em comprar o livro para ler primeiro.

Beijos, Luu
http://degradeinvisivel.blogspot.com.br

Iasmin Cruz disse...

Ainda não vi, mas tô muito ansiosa pra ver.

www.iasmincruz.com

Pérola disse...

Aaah... desde que vi o trailler, fiquei com vontade de assistir ao filme!
Não foi aquela super vontade, o filme do ano, que não posso perder, mas parece ser um filme interessante, daqueles que com certeza eu vou acabar me identificando em algum momento, sabe?
Enfim, gostei da sua opinião e pretendo assistir ao filme em breve. (:
Curti seu blog e já estou seguindo para acompanhar novas postagens. ;D'
Beijos!

http://perolairregulaar.blogspot.com.br

Julia Cedro disse...

Oi Nessa,

Não precisa se preocupar com isso, já que não tem foco em nenhuma personagem, tanto que nem reparei tanto nela. Pode assistir sem medo!

Beijos!

Julia Cedro disse...

Oi Pérola,

Eu pensava a mesma coisa quando fui assistir, e não me arrependi. Está muito bom, e acredito que você vai adorar também.

Obrigada, seja bem vinda e visite sempre, haha.

Beijos!