Resenha: Memórias póstumas de Brás Cubas

AUTOR (A): MACHADO DE ASSIS
EDITORA: FTD
PÁGINAS: 213
É após a morte que Brás Cubas decide narrar suas memórias. Nesta condição, nada pode suavizar seu ponto de vista irônico e mordaz sobre uma sociedade em que as instituições se baseiam na hipocrisia. O casamento, o adultério, os comportamentos individuais e sociais não escapam à sua visão aguda e implacável, nesta obra fundamental de Machado de Assis.
Deixei o preconceito de livros de vestibular de lado - admita, que todos têm, nem que seja um pouco - e comecei a ler Memórias póstumas de Brás Cubas depois que um amigo indicou, dizendo que não me arrependeria de lê-lo. E não é que ele estava certo?

O livro é narrado em primeira pessoa, onde Brás Cubas depois de morto, narra as memórias de sua vida. E, já que nada podes lhe fazer mal, ele literalmente "mete a faca" na sociedade em que vivia. Por mais que tenha a marca de linguagem do século XIX, não é tão complicado de entender.

Totalmente carregado de um humor irônico, me fez rir diversas vezes enquanto lia. Tem seus momentos de reflexão, onde ele discuti com o próprio leitor, sobre a hipocrisia e a vida de aparências da sociedade. Sua narrativa é bem direta, não se aprofundando muito nos acontecimentos, mas também não sendo superficial.

Por ser um livro curtinho, não vou falar muito da estória em si, para não revelar mais do que devo. A capa e a diagramação é super simples, então também não entrarei em muitos detalhes. Bom, então, faça como eu e deixe os preconceitos de lado. Leia, pois vale muito a pena.

245n97a.png (32×32)245n97a.png (32×32)245n97a.png (32×32)245n97a.png (32×32)245n97a.png (32×32)

4 comentários:

✿Vanessa✿ disse...

Oi Ju*
Já faz um certo tempo que li este livro e tbm gostei.
Realmente existe muito preconceito com estes livros, mas penso que tem alguns que são mais dificeis de compreender.
No momento estou lendo algumas leituras de vestibular e não ta sendo facil.

Bjinhs*
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Gabriela Silva disse...

Todo mundo fala maravilhas desse livro e eu nunca li, mas acho que já está passando da hora de eu ler! Gostei muito da sua resenha!
Mil Beijos!
http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

Vinícius Costa disse...

Tenho aquele preconceito básico contra clássicos, mas nada que não possa ser concertado! Vou ver se arranjo este pra ler! =)

Um beijo,
Vinícius - Livros e Rabiscos

Luara Cardoso disse...

Esse livro é fantástico! Sem mais.

Um beijo,
Luara - Estante Vertical