Resenha: Jogos Vorazes

Título Original: THE HUNGER GAMES
Autor (a): Suzanne Collins
Editora: Rocco
Páginas: 397
Nota: 

SINOPSE
Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?


RESENHA
Um livro que envolveu-me do início ao fim das 397 páginas, deixando um desejo ardente dentro de mim querendo ler o próximo livro da trilogia, Em Chamas. Suzanne Collins soube captar minha atenção com a narração do ponto de vista da guerreira Katniss Everdeen. Era como se eu estivesse do lado de Katniss, vivenciando cada cena que ela também vivenciou, sentindo o que ela provavelmente sentiu. Acho que foi por isso que ele se um dos melhores livros que li nesse ano.

Foram pouco os livros distópicos que li, por isso foi uma leitura gostosa e interessante por ser algo diferente do que estou acostumada, e por fugir da mesmice dos livros que leio, abordando um assunto pouco explorado na literatura, que é uma sociedade controlada pelo governo. São poucos os que se arriscam a escrever sobre isso e conseguem virar um livro tão famoso e adorado, como aconteceu com Jogos Vorazes.

Algo que já citei, mas que quero deixar bem claro é que gostei da personagem Katniss por ela ser uma garota determinada no que pretende fazer, dando o melhor de si para isso, não desistindo facilmente. Mesmo sendo guerreira como é, ela tinha aqueles momentos "baixos", mas que passavam logo, o que, para mim, a tornou mais real e mais fácil de imaginar. Katniss Everdeen é um bom exemplo de pessoa forte.

E, claro, não poderia esquecer de comentar a capa, que é simples, porém não deixa de ser linda e significativa, uma das minhas capas preferidas dos livros que tenho. Enfim, espero que essa minha resenha - que ficou um pouco grande por sinal - façam vocês que ainda não leram esse livro, leiam, pois vale muito a pena.

6 comentários:

May L. disse...

Oi Julia =D
Eu amoooo Jogos Vorazes, Katniss não tenho palavras para essa personagem, é a personagem feminina mais, desculpe dizer, foda que existe (ou pelo menos até agora não conheci uma que a superasse).
Em Chamas também é muito bom, começa um pouco fraco, mas depois fica em chamas literalmente.

Preciso urgentemente de A Esparança.

Ótima resenha.

Beijos
-glowofthemoonlight-

Vanessa Vieira disse...

Parabéns pela resenha Julia! Muito em breve pretendo ler Jogos Vorazes. Beijos!

Raquel disse...

Eu também adorei o livro, mas eu não gosto da capa dele e não sentia vontade nem mesmo de ler a sinopse hahaha Só fui saber do que se tratava mesmo, quando o filme foi lançado e li algumas coisas sobre o filme, depois que assisti li os 3 livros :p hehehh

palavrasdeumlivro disse...

Adorei a resenha, e eu amo a trilogia jogos vorazes e a Katniss. Adorei seu blog.
Bjs

http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

Eloo disse...

Ótima resenha!!
To lendo cada resenha boa sobre o livro... o livro deve ser muito bom mesmo!! E eu, preciso ler ele rapido, kkk

Beijos

✿Vanessa✿ disse...

Oi Ju!
Eu ainda não li o livro, mas assisti ao filme.
Estou muito curiosa para ler e sua resenha só aumentou minha vontade!!
Adorei sua resenha!

Beijinhs
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/