Resenha: A Cidade e a Infância - José Luandino Vieira


Informações:


Titúlo: A Cidade e a Infância
Escritor: José Luandino Vieira
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 135

Sinopse:

Um rapaz negro e uma garota branca são separados por uma decisão familiar e pela fronteira de asfalto que separa a Luanda rica dos bairros mais pobres da cidade. Um garoto, ardendo em febre, relembra os melhores momentos da infância. Um grupo de meninos descobre a sexualidade. Três jovens vivem a aventura urbana com olhos ingênuos, procurando palavras que façam de "todos os portos do mundo, portos de todo mundo".
Primeiro livro do escritor angolano José Luandino Vieira, publicado originalmente em 1960, A cidade e a infância é uma reunião de narrativas breves, inspiradas na infância do próprio autor, vivida na capital angolana durante os primórdios da luta pela libertação do país.
Nestes contos de estréia já se notam as marcas que viriam a se intensificar na obra de Luandino: a sugestão revolucionária feita de tomada de consciência e revolta, e o apuro da linguagem, que incorpora ao português termos de línguas locais. Essa combinação singular dá origem a um universo ficcional em que a transformação urbana e a modernização geram conflitos e exclusão, mas também sonhos de liberdade futura. Engajado e inovador, Luandino Vieira é uma das vozes mais inventivas da atual literatura africana.

Sobre o autor:

José Luandino Vieira, nome artístico de José Vieira Mateus da Graça, nasceu em Portugal, em 1935, e ainda criança emigrou com a família para a Angola. A luta contra a dominação portuguesa custou-lhe mais de uma década de prisão, onde escreveu boa parte de sua obra. Em 2006, recusou o Prêmio Camões alegando "razões pessoais". Entre seus diversos volumes de narrativas, destacam-se os romances Nosso musseke; Nós, os do Makulusu; A vida verdadeira de Domingos Xavier e o livro de contos Luuanda, publicado pela Companhia de Letras.

Resenha:

Um livro de contos, onde já a sinopse conta tudo sobre cada conto. Bom, leitura obrigatória da escola, o que quer dizer que nós tivemos que ler sobre pressão e ler sobre pressão é muito ruim.Muito gostosinho de ler e a capa é muito linda! A folha do livro é mais grossa que o normal, ótimo pois é melhor para a conservação. A leitura, por mais que eu li sobre pressão, é muito boa e flui super bem. Por ser o português de Portugal, tem umas palavras meio difíceis, mas tem um pequeno glossário, não tem os significados de todas as palavras, mas dá para o gasto, rs. Também é ruim ter que parar a leitura toda hora para ir ver no glossário, que fica no final do livro. E também não dá para saber quais palavras tem lá, pois não tem marcado quais palavras tem, se é que dá para entender. Acho que deveria ter o significado na própria página, a palavra marcada com algo e no rodapé da página ter o significado. Vou dar quatro estrelas para o livro, pois mesmo com os pontos negativos, eu gostei.

NOTA:


8 comentários:

Alinne disse...

Oi
Não conhecia este livro, parece ser legal. Que bom que a sua leitura obrigatória foi este livro, eu sempre lia livros obrigatórios como Dom Casmurro, Iracema...E confesso que não gostava nem um pouco.Rs.
beijos.
Books e Desenhos

♥ Nessa ♥ disse...

Eu não conhecia o livro. Mas eu adoro livros de contos, cada um com sua mensagem no final!
Concordo com você ler obrigado é muito ruim e torna chato e demoramos mais para ler, mas as vezes ate acabamos gostando do livro!
bjinhs
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

May L. disse...

Eu também não conhecia esse livro.
Mas parece muito interessante, até por ser um livro de contos.
Adorei a dica.

Beijos -glowofthemoonlight-

Eduarda Menezes disse...

As vezes mesmo quando a leitura é meio que induzida e não temos escolha, acabamos descobrindo muita coisa boa, e é ótimo quando isso acontece ^^

O livro parece ser legal, diferente, não aquela leitura que irresistível à primeira vista, mas deve passar uma mensagem interessante!

Bjo

Rachel Lima disse...

O livro parece até legal. MAs ler sobre pressão não presta mesmo, né? É por isto que ninguém gosta de ler! Porque na escola te entregam um livro, com um prazo para você fazer UMA PROVA! Aí que não presta mesmo, haha. Mas este parece bom. *-*
Abraços,

Rachel Lima
http://etcoetra.blog.br

Raquel disse...

Oi ,
Tem Promoção nova rolando la no blog se quiser participar.
Bjks
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com/

Aline Gasparini disse...

Ah, não conhecia esse livro, porém adoro livros de contos, parece ser bem interessante. Sem dúvida quando tiver tempo disponível vou procurar saber mais sobre ele.

Beijos&beijos
Book is life

Mah disse...

Eu não conhecia o livro e não sei se procuraria ler. Português de Portugal não é comigo, não consigo sentir a leitura prazerosa e acabo cansado de ler.

Beijos,
Mah - Livro e Coração